Fórum dos Exóticos


O Fórum dos Exóticos é uma comunidade online de criadores de Aves Exóticas, que tem como objectivo divulgar esta paixão.
Faça parte do fórum dos Exóticos e ajude-o a crescer com os seus conhecimentos e as suas dúvidas!!
Registe-se agora, é fácil e rápido.
Já é membro? Então FECHE esta janela e faça o Login.

JUNTE-SE AO FÓRUM DOS EXÓTICOS

Mortalidade elevada nas criações

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  Rubenassuncao em Seg 05 Maio 2014, 06:31

Bom dia estimados colegas da ornitologia

Apesar de ser um seguidor deste forum,julgo ser a primeira intervenção e gostaria de contar com a vossa ajuda.

Tenho como hobby,à cerca de 2 anos a esta parte,a criação amadora de diamante gould,babete,diamante papagaio e bengalins.As criações iniciaram em setembro passado e posso dizer que tive bons resultados ate dezembro,altura em que tive problemas com humidade (rondava 94%). Dado que muitas crias morriam no ovo e outras morriam na primeira semana de vida resolvi parar as criações e fazer tratamentos para as salmonelas,coccideos e trichomonas.Volvidos 2 meses,altura em que estava resolvido o problema da humidade,voltei a colocar os ninhos e tentar mais 1 ou 2 posturas.No entanto, o problema mantém-se e maioria das crias nem sequer chegam a nascer e morrem no ovo.

Como não quero estar constantemente a administrar antibiotico resolvi efetuar colheita de fezes de algumas aves e enviar ao laboratorio e neste momento aguardo resultados.

De qualquer forma alguma sugestão sobre qual será o problema?já aconteceu a alguem?

nota: antes das criações desparasitei interna e externamente as aves e fiz preventivos para salmonelas e coccideos.

Desculpem pelo testamento e obrigado.

Rubenassuncao

Mensagens : 10
Data de inscrição : 03/06/2012
Localização : Santa Maria da Feira
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  Bruno Alexandre em Seg 05 Maio 2014, 09:03

Olá

Deves fazer a apresentação primeiro.

Fizeste bem enviar amostras de fezes para o laboratório assim vais ter certezas do que se passa. Muitas vezes o pessoal faz desparasitações e prevenções mas só isto não chega é importante ter boas práticas de maneio, higiene nas aves e ser rigoroso na aplicação dos fármacos.

Cumprimentos.
avatar
Bruno Alexandre

Mensagens : 129
Data de inscrição : 07/01/2013
Localização : Guimarães
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  Rubenassuncao em Ter 06 Maio 2014, 17:47

Agradeço a resposta.

Mais ninguém tem ideia qual será o problema?

De qualquer forma quando tiver resultados do parasitológico as fezes eu partilho aqui.

Cumprimentos.

Rubenassuncao

Mensagens : 10
Data de inscrição : 03/06/2012
Localização : Santa Maria da Feira
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  João Martinho em Qua 07 Maio 2014, 14:14

Eu tive o mesmo problema no final do ano passado e início deste ano.
As minhas crias morriam antes de nascer no ovo, os embriões desenvolviam-se bem e quando estavam já desenvolvidos prestes a nascer morriam dentro dos ovos.
Aconteceu-me em 4 ou 5 posturas ( tenho poucos pássaros por isso não aconteceu em mais).
Durante esse tempo nenhuma ave nasceu em nenhum dos casais que tinha, e coincidiu com uma humidade alta no local.
Assim que a humidade baixou os resultados melhoram e passei a ter crias. não sei se foi coincidência ou não.
agradeço que partilhe os resultados do laboratório quando tiver noticias, obrigado
avatar
João Martinho

Mensagens : 522
Data de inscrição : 22/11/2012
Localização : Almada

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  Rubenassuncao em Sex 09 Maio 2014, 15:18

Boa tarde

Recebi hoje o resultado da analise as fezes...e deu resultado negativo!
Sinceramente preferia que o resultado fosse outro porque assim saberia qual a causa dos problemas mencionados. Assim,vou atribuir ao excesso de humidade, problema esse que julgo estar resolvido.
No entanto, apesar das dificuldades deixei ninhos em 2 casais de papagaios, sendo que hoje nasceram 2 crias de um casal ( coloquei em bengalins porque os pais não pegaram no choco) e tenho ovos galados do outro casal.
Apesar de tudo fiquei satisfeito porque já não nasciam aves ca em casa há algum tempo devido á morte nos ovos.

Cumprimentos a todos.

Rubenassuncao

Mensagens : 10
Data de inscrição : 03/06/2012
Localização : Santa Maria da Feira
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  João Martinho em Sex 09 Maio 2014, 16:35

Obrigado por partilhar a resposta do laboratório mas eu sou de opinião contrária, penso que o facto de o resultado ser negativo é uma boa notícia pois significa que está tudo aparentemente bem com as instalações, higiene, alimentação, etc.. e o facto de ter dado negativo é mais uma dica de que deve mesmo ter sido da humidade, o que é uma boa dica de que afinal a humidade pode mesmo causar esses efeitos negativos, e na minha opinião preferia ter humidade a mais do que algum vírus ou bactéria nas instalações.
Espero que agora tenha mais sorte, boas criações.
avatar
João Martinho

Mensagens : 522
Data de inscrição : 22/11/2012
Localização : Almada

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  AvilandiaPT em Sex 09 Maio 2014, 17:59

Olá,

Recebi hoje o resultado da analise as fezes...e deu resultado negativo!

As análises foram apenas a parasitologia?
Pela descrição não me parece um problema de parasitas...

Cumps.
avatar
AvilandiaPT

Mensagens : 1278
Data de inscrição : 18/12/2008
Localização : Benavente
PAÍS : PORTUGAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  Rubenassuncao em Sex 09 Maio 2014, 20:54

Boas

Mais uma vez agradeço ao Joao Martinho pela intervençao e por um lado também lhe dou toda a razão.
Ao forista avilandiapt antes de mais deixe-me dizer-lhe que ja há muito tempo que sigo com atenção as suas intervençoes pela net,quer neste forum,quer noutros como forumferreira ou no proprio site.Deixe-me agradecer-lhe porque muito do que julgo saber hoje tem a sua forte colaboração, atraves do seu contributo nos diferentes sitios da internet.
Já agora,deixe-me dizer-lhe que à uns tempos li uma intervençao sua (bastante tecnica) acerca do vinagre de cidra...enfim simplesmente ao alcance de quem pode e não de quem quer  Smile 
Quanto à sua resposta, de facto foi apenas parasitologico porque segundo a técnica de laboratorio(ou medica?) o bacteriologico não seria conclusivo.A justificação dada (no minimo duvidosa) é que é normal haver alteraçoes nos resultados para bacteriologico mas que nao seria significativo.
Já agora,na sua opiniao qual seria a causa?fungos devido a excesso de humidade?protozoarios?

Cumprimentos.

Rubenassuncao

Mensagens : 10
Data de inscrição : 03/06/2012
Localização : Santa Maria da Feira
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  AvilandiaPT em Sab 10 Maio 2014, 10:52

Olá,

Antes de mais agradeço as tuas palavras.

Em relação às análises, a minha questão era no sentido de o quadro que descreves com mortalidade embrionária e problemas de eclosão não estar normalmente relacionado com parasitas. Os parasitas (estamos a falar mais daqueles que podem surgir em exames de fezes) afectam mais animais jovens ou já adultos porque precisam de algum tempo, não tanto embriões.

As análises são normalmente mal interpretadas pelos criadores. São úteis mas tal como te indicaram também podem ser (e são muitas vezes) inconclusivas. Isso significa que são úteis quando nos permitem manter um historial por assim dizer daquilo que se passa num efectivo e detectar alterações. O exemplo que costumo dar é que se temos análises feitas de 3 em 3 meses, por exemplo, está tudo bem com as aves e surge sempre um determinado padrão bacteriológico. Quando há um problema se analisamos e esse padrão mudou, possivelmente temos ali uma pista para a causa desse problema.
Mas contam-se pelos dedos os criadores que percebem e fazem isto... (eu próprio apesar de o saber e fazer análises, não o fazia assim tanto)

O exame de fezes para parasitologia é directo e muito útil para situações de coccidiose e parasitas gastrointestinais no geral. Mesmo assim nem sempre se encontram os "culpados". E é preciso alguns cuidados na forma de recolher para que seja representativo.
Em termos bacteriológicos é um pouco mais complicado e entra muito no tal historial e, sobretudo, na experiência de interpretação de quem faz o exame para, em primeiro lugar, perceber a relação entre os grupos de bactérias e a sua proporção. Além disso, quando ocorre uma situação clínica e se tenta identificar o agente o que muitas vezes acontece é que o exame é inconclusivo.
Isto acontece porque o criador já deu medicamentos (ou dá regularmente), ou porque algumas dessas "doenças" podem ser causadas por desequilíbrios de bactérias cuja presença até é normal. Quando da análise surge um tipo de bactéria que sabemos ser obviamente patogénica (Salmonella spp. por exemplo) é óbvio que tem que ser tratado. Mas se surgem tipos mais "genéricos" que podem ou não causar problemas (Proteus spp, Escherichia coli, etc) é mais complicado.
Em casos de mortalidade é sempre boa ideia começar pela necrópsia e acompanhar depois com a parte laboratorial tanto de parasitas como bacteriologia conforme se justifique.

Neste caso em concreto eu considerava analisar alguns ovos e/com embriões mortos a nível de bacteriologia. São mais uns euros mas... Há sempre a alternativa prática de "saltar" a análise e optar por um tratamento algo abrangente mas por todos os motivos e mais alguns não é de todo a melhor solução nem recomendável. Mais não seja porque ficamos sem saber qual era o problema e se existe alguma outra coisa que se possa fazer para o controlar.
A SIC deu esta semana uma reportagem muito interessante sobre o problema das resistências aos antimicrobianos.

Olhando apenas para a tua descrição inicial desconfiava em primeiro lugar de bactérias, em segundo lugar de problemas de incubação em si (podem ser a nível ambiental ou nutricional, por exemplo, incluindo humidade). Tenho sempre alguma dúvida em atribuir culpas ao "tempo". Claro que tem um grande efeito mas...

Espero que isso se resolva. Infelizmente, a maioria dos criadores prefere esconder os problemas e tentar mezinhas e experiências. Claramente não é o teu caso portanto se puderes vai mantendo actualizações que é sempre útil para se saber como as situações de desenvolvem e resolvem.

Cumps.
avatar
AvilandiaPT

Mensagens : 1278
Data de inscrição : 18/12/2008
Localização : Benavente
PAÍS : PORTUGAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mortalidade de embriões...

Mensagem  João Alberto Miranda em Sab 10 Maio 2014, 11:14

Caro Amigo:
Estou de acordo com o que alguns foristas referem no que diz respeito à "interpretação" dos resultados das análises, pois estas podem ser direccionadas para diversos alvos e o facto de darem negativas num determinado "campo, doença ou parasita" não significa que noutro/s as aves - e até as pessoas - não possam estar carregadas de "maleitas"...
No caso em apreço, não sendo eu especialista em "passarinhos" devo contudo dizer-lhe que, nos pombos - já fui columbófilo - a mortalidade dentro do ôvo ou a seguir à nascença, era sempre encarada como existência de salmonelas em grau elevado.
Estou em crer que o seu problema pode passar por aí...
Espero ter ajudado, pelo menos, a reflectir.
Cumprimentos
J. Alberto Miranda

João Alberto Miranda

Mensagens : 162
Data de inscrição : 19/12/2013
Localização : Barcelos/Esposende
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mortalidade de embriões...

Mensagem  João Alberto Miranda em Sab 10 Maio 2014, 11:15

Caro Amigo:
Estou de acordo com o que alguns foristas referem no que diz respeito à "interpretação" dos resultados das análises, pois estas podem ser direccionadas para diversos alvos e o facto de darem negativas num determinado "campo, doença ou parasita" não significa que noutro/s as aves - e até as pessoas - não possam estar carregadas de "maleitas"...
No caso em apreço, não sendo eu especialista em "passarinhos" devo contudo dizer-lhe que, nos pombos - já fui columbófilo - a mortalidade dentro do ôvo ou a seguir à nascença, era sempre encarada como existência de salmonelas em grau elevado.
Estou em crer que o seu problema pode passar por aí...
Espero ter ajudado, pelo menos, a reflectir.
Cumprimentos
J. Alberto Miranda

João Alberto Miranda

Mensagens : 162
Data de inscrição : 19/12/2013
Localização : Barcelos/Esposende
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  Rubenassuncao em Dom 11 Maio 2014, 23:04

Ola

De facto e dados os sintomas descritos anteriormente também julguei que fossem salmonelas. Mas uma vez que fiz tratamento com FP 20/20 com as dosagens indicadas na bula e o problema persistiu...o que é certo é que neste momento já nasceram 3 diamantes papagaios (em postura com 3 ovos galados) e parecem saudáveis, embora tenham pouco tempo de vida...daqui a alguns dias tenho mais alguns para nascer, vamos ver se corre tudo normalmente...

De qualquer forma agradeço uma vez mais o contributo.

Rubenassuncao

Mensagens : 10
Data de inscrição : 03/06/2012
Localização : Santa Maria da Feira
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mortalidade elevada nas criações

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum