Fórum dos Exóticos


O Fórum dos Exóticos é uma comunidade online de criadores de Aves Exóticas, que tem como objectivo divulgar esta paixão.
Faça parte do fórum dos Exóticos e ajude-o a crescer com os seus conhecimentos e as suas dúvidas!!
Registe-se agora, é fácil e rápido.
Já é membro? Então FECHE esta janela e faça o Login.

JUNTE-SE AO FÓRUM DOS EXÓTICOS

bico de chumbo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

bico de chumbo

Mensagem  Brota em Ter 03 Maio 2011, 18:41

boas, gostava de saber se a criação de bicos de chumbo e fácil, se eles cuidam dos ovos e como se distingue se e macho ou fêmea.

Obrigado
José Brota
avatar
Brota

Mensagens : 105
Data de inscrição : 01/02/2011
Localização : Viana do Castelo
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bicos de chumbo

Mensagem  AvilandiaPT em Ter 03 Maio 2011, 20:18

Olá,

É bastante fácil e a maioria dos casais cria sem problemas, mas podem demorar um pouco a arrancar.
Há algumas diferenças entre o indiano e africano (nem sempre se acerta a falar da mesma espécie), mas no geral criam ambos bem em gaiola.
Distinguir sexos, os machos cantam, as fêmeas poêm ovos. Não estou a ser irónico. Pela minha experiência com eles, confirmar fêmeas só mesmo quando tens um casal com macho confirmado e aparecem ovos. Nem sempre são fáceis de distinguir apenas pelo canto pois alguns machos são muito calados.

Cumprimentos,

avatar
AvilandiaPT

Mensagens : 1278
Data de inscrição : 18/12/2008
Localização : Benavente
PAÍS : PORTUGAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: bico de chumbo

Mensagem  pedro manuel em Dom 02 Mar 2014, 17:08

boas,
alguem me sabe dizer se são aves resistentes a mudanças de temperatura


cumprimentos
pedro manuel
avatar
pedro manuel

Mensagens : 115
Data de inscrição : 09/08/2013
Localização : aveiro
PAÍS : portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: bico de chumbo

Mensagem  João Martinho em Sab 08 Mar 2014, 13:19

Brota escreveu:boas, gostava de saber se a criação de bicos de chumbo e fácil, se eles cuidam dos ovos e como se distingue se e macho ou fêmea.

Obrigado
José Brota


Comecei a criar esta espécie o ano passado ou seja, esta é a segunda época que estou a realizar sendo que iniciei à pouco tempo a segunda. Vou dar alguns testemunhos que já passei e passo por experiência própria.
Admitindo que você está a falar do Bico de Chumbo (lonchura cantans) e não do lonchura malabarica.

Os bicos de chumbo são aves resistentes, digo isto porque não são tão sensíveis como algumas espécies de aves a mudanças de ambiente e não apanham facilmente depressões. Poderão dizer assim: qualquer ave que seja tratada em boas condições não contrai doenças, mas na minha opinião não podemos comparar 1 mandarim a 1 gould por exemplo, já tive goulds e eram aves que facilmente se deprimiam com mudanças de ambiente e entravam em depressões muitos acabando por morrer,.. o bico de chumbo enquadra-se mais ao nível dos mandarins, com a excepção de que algumas crias do bico de chumbo durante e um pouco depois da fase da muda podem-se ir abaixo repentinamente ficando cada vez mais magras e acabam por morrer. Nestes casos devemos dar um polivitaminico e colocar a ave num lugar quente para a tentar salvar mas mesmo assim normalmente é difícil.

Ao chegarem a adultos os bicos de chumbo são aves resistentes não precisam de cuidados especiais em relação a temperaturas nem alimentação especial. (são como os mandarins basicamente para termos 1 noção..)

Em relação à distinção dos machos e fêmeas é como disse o Ricardo: sõ podemos ter a certeza de estar perante 1 macho quando o vemos cantar, e só podemos ter a certeza estar perante 1 fêmea quando vemos 1 ovo no ninho.
Por experiência própria adquiri muitas destas aves que durante meses de constante observação nunca cantaram, eu pensava que estava perante fêmeas e de repente começaram a cantar.

Quanto à criação, eu sempre ouvi dizer que eram muito fáceis, mas a minha opinião mudou depois de os adquirir. É assim: primeiro temos que descrever o que é o fácil. Fácil para mim é criar mandarins e bengalins, que são aves com poucas exigências e que constantemente têm o instinto de criar quando as condições que lhes proporcionamos são minimamente aceitáveis, muitas vezes retiramos o ninho e eles colocam ovos no chão ou metem ovos em comedouros ou seja muitas vezes queremos que eles parem e eles só querem criar, ou então por exemplo fazem uma postura que é mal sucedida (os ovos não estão galados ou as crias morrem) e logo uma semana depois já temos o ninho com mais ovos, e se esta outra postura não correr bem novamente eles fazem uma nova.. raramente desistindo..
Os bicos de chumbo não, de todas as vezes que a primeira postura falhou, nunca tive outra postura num espaço de tempo curto. As aves parecem desanimar e não acreditam que poderão ter sucesso e pura e simplesmente não tentam nova postura. A única vez que consegui uma postura depois de uma postura falhado foi 1 casal que colocou a postura seguinte 3 meses depois.
Os restantes nunca se interessaram por criar mais e a solução que encontrei foi rodar os casais. Uma coisa engraçada: assim que troco os casais e as aves entram em contacto com uma aves desconhecida automaticamente desperta-lhes o interesse em fazerem o ninho e começarem a criar.

Por estas e outras razões são aves que são difíceis de "arrancar" a criação. Estou constantemente a aprender e com o tempo certamente encontrarei mais truques e conhecerei melhor esta espécie, pois trata-se essencialmente de conhecer a espécie e saber o que ela necessita e que lhe falta para se sentir completamente bem.
Conclusão: para quem cria outras espécies complicadas claro que são muito fáceis de criar mas quem cria mandarins e bengalins e acha que isso é o fácil, então os bicos de chumbo são um pouco mais complicados.

A alimentação deve ser mais à base de milho painço, este ano adquiri tenébrio mas eles não lhe pegam mesmo observando outras aves a comerem os bichos (mas ainda não desisti de os convencer a comer)
Outra particularidade é comerem muito pouca papa, umas aves comem um pouco mais, outras menos e outras nem lhe tocam mas no geral não pegam bem na papa, e as crias mesmo sendo alimentadas apenas com sementes desenvolvem-se bem. Neste momento ainda estou a tentar "construir" uma papa que os incentive a comer mas não está a ser fácil.

Outra experiência que quero fazer ainda este ano é colocar 3 casais num viveiro e experimentar a reprodução em colónia e ver se é melhor do que em gaiola (isto é: se eles ficam mais entusiasmados em criar). Desconfio que a escolha do macho por parte da fêmea seja um aspecto importante mas só poderei concluir depois de ver.
Eu crio-os em gaiolas de 42cmx 40 alt x 40 largura) Estas medidas já são suficientes todos os casais que tive já fizeram posturas nestas gaiolas mas se forem maiores melhores ainda. São muito bons pais e não precisam de amas. Põem normalmente 4 ovos, 1 ou outra vez 5, mas muitas vezes ocorrem posturas de 2 ovos ou 3, quando têm falta de cálcio.
Eu coloco osso de choco mas eles não lhe tocam, o que faço é fornecer cálcio líquido. Atenção que com falta de cálcio as fêmeas podem morrer.
Não necessitam de vegetação para criar embora à pouco tempo tenha adquirido uns bonsais (espécie giseng) para meter dentro das gaiolas.
Dou grit, e alguma verdura na forma de sementes plantadas que arranco quando têm cerca de 4 dedos de erva.
É uma espécie com muito pouca procura, embora tenha conseguido vender todas as crias que tive em anúncios no olx (não sei se foi sorte ou não).
O facto de serem pouco procurados e não haver muitas aves de qualidade (devido a essa mesma falta de empenho de criações selecionadas e devido à hibridização com malabaricas e bengalins) levou-me a interessar por esta espécie e não penso desistir, além disso proporcionam um bom desafio em termos de características a selecionar na formação dos casais e tentar desenvolver aves de qualidade.
Tenho consciência que muita há a melhorar mas tendo em conta o que já vi por aí estou bastante satisfeito com as que possuo e espero melhorar ainda mais. Tive a sorte de encontrar algumas aves de jeito mas também tive muito trabalho em encontra-las.
Apesar de terem poucas cores penso que são aves bonitas.

Outra coisa: não são esquisitas, podemos mexer no ninho que não rejeitam as crias.
avatar
João Martinho

Mensagens : 522
Data de inscrição : 22/11/2012
Localização : Almada

Voltar ao Topo Ir em baixo

bico de chumbo

Mensagem  TiagoFerreira em Dom 09 Mar 2014, 20:36

Boas amigos, eu tenho 1 trio de bicos de chumbo, 2 machos clássicos com uma fêmea Ino que eu adoro, dpi por isso que os adquiri, de inicio tive-os na minha voadeira onde tenho tambem goulds e varios ninhos disponiveis, retitei um casal e meti numa gaiola em separado, fizeram uma postura e não tive um ovo galado e nem a fêmea agarrou ao choco ao fim da postura (por isso coloquei os ovos nos bengalins), talvez a fêmea estivesse acasalada com o outro macho não sei, depois disto voltei a coloca-los na voadeira, quando para meu espanto vou dar com a fêmea num ninho a chocar 4 ovos, e eu com medo que ela não choca-se os ovos tirei-os e meti nos bengalins, nesta postura esta um ovo galado, mas para azar ao verificar se estavam galados fiz uma pequena mossa no único ovo galado por isso não sei se ira eclodir, mas vou aguardar agora que a bico de chumbo faça uma nova postura e deixa-los criar directo... Wink abraço a todos
avatar
TiagoFerreira

Mensagens : 106
Data de inscrição : 26/09/2013
Localização : Viseu (Sátão)
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: bico de chumbo

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum