Fórum dos Exóticos


O Fórum dos Exóticos é uma comunidade online de criadores de Aves Exóticas, que tem como objectivo divulgar esta paixão.
Faça parte do fórum dos Exóticos e ajude-o a crescer com os seus conhecimentos e as suas dúvidas!!
Registe-se agora, é fácil e rápido.
Já é membro? Então FECHE esta janela e faça o Login.

JUNTE-SE AO FÓRUM DOS EXÓTICOS

Mandarim Cinzento de Peito Negro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  Luís Lourenço em Dom 21 Nov 2010, 22:59

Boas,
Vou partilhar aqui um artigo que eu encontrei na net sobre esta mutação de mandarins. Fala sobre os cruzamentos adequados para atingir exemplares de grande qualidade para exposições, fala sobre a origem da mutação, descrição da mesma etc etc
Este foi o site onde eu o encontrei: http://www.coantua.com/revista/mandarimcinzento.htm

O Mandarim cinzento de peito preto - Por MARCEL BRIOT - França
GENERALIDADES

Foi em 1967/68 que apareceu, na Alemanha, a mutação peito preto, cujo grande investigador foi sem dúvida M. Oppenborn.
As principais características do Diamante mandarim cinza de peito preto, em relação ao tipo normal, são as seguintes:

No macho:
· a orla visível das rémiges apresenta uma baínha castanha devido a uma sobremelanização da feomelanina, o resto da cor é cinzenta;
· o peito apresenta uma grande faixa peitoral preta com uma dúzia de milímetros de espessura. A parte superior do pescoço é malhada de branco;
· o traço do bigode é muito mais pronunciado;
· o traço "loral" encontra-se ausente;
· as faces apresentam uma extensão do seu desenho;
· os pontos redondos e brancos dos desenhos dos flancos são cilíndricos;
· os quadrados da cauda estão ausentes. Os sobrecaudais são de facto brancos.

Na fêmea:
· os traços de lágrimas estão ausentes:
· o desenho da cauda é idêntico ao do macho de peito preto;
· não tem desenhos sobre o dorso (baínha branca sobre as rémiges) ao contrário do macho de peito preto;
· não tem desenhos no peito.

HEREDITARIEDADE

Esta mutação é de hereditariedade recessiva livre. Ao contrário de outros mandarins, a maior parte dos portadores são "visíveis". Estudaremos os diferentes desenhos que podemos encontrar.

CRUZAMENTOS

1. Mutação simples

Cinzento x cinzento de peito preto
ou Cinzento de peito preto x cinzento
· 50% macho cinzento / peito preto
· 50% fêmea cinzenta / peito preto

Cinzento / PP cinzenta PP ou cinzento PP x cinzenta / PP
· 25% macho cinzento PP
· 25% macho cinzento / PP
· 25% fêmea cinzenta PP
· 25% fêmea / PP

Cinzento / PP x cinzenta / PP
· 12,5% macho cinzento
· 25% macho cinzento / PP
· 12,5% macho cinzento PP
· 12,5 fêmea cinzenta
· 25% fêmea cinzenta / PP
· 12,5% fêmea cinzenta PP

Tudo isto é muito teórico

Como é todo o cruzamento de hereditariedade recessiva livre, pouco importa a escolha do parceiro mutado, mas como sempre, não nos devemos esquecer que é mais fácil trabalhar com uma bela fêmea clássica e um macho mutado de primeira geração.
Onde a coisa se complica um pouco é quando queremos obter pássaros de concurso. Raramente de um mesmo casal obteremos excelentes machos e boas fêmeas.
Para "fabricar" bons machos para concurso, será necessário trabalhar sempre com um macho que tenha uma faixa de peito bem larga e bem ascendente, cruzado com uma fêmea que possua também uma faixa despontante, pássaro penalizado em concurso (deficiente, mas excelente objecto de trabalho). As jovens fêmeas provenientes deste casal serão portanto semelhantes à mãe, marcadas pelas faixas do peito.
Inversamente, para concorrer na classe "Fêmea", o criador deverá escolher um macho que tenha uma faixa no peito de preferência estreita e uma fêmea sem qualquer tipo de faixa. É evidente que os jovens machos nascidos dessa união serão francamente menos bons no padrão, mas as vossas fêmeas serão "puras".

2. Combinações de mutações
A mutação peito preto combina-se muito agradávelmente com as seguintes cores:
· o castanho + PP
· o drso pálido + PP
· o mascarado + PP
· o cinzento pastel + PP, o castanho pastel + PP
· o Isabel + PP (que fornece o pheo)
· os faces pretas + PP
· o faixa laranja + PP
(os desenhos do PP tornam-se laranja)
Os cruzamentos com as cores castanho e Isabel originam crias notáveis.
· o "black-face" + PP (as fêmeas são sublimes)

Combinações múltiplas
· o cinzento de faces pretas "black-face" + PP
· o castanho face laranja "black-face" + PP
· o Isabel faixa laranja "black-face" + PP

Estas combinações não são evidentemente limitativas mas tais pássaros são muito agraváveis à vista. Isto será um assunto para um ou mais outros artigos. Vamos agora estudar mais detalhadamente os desenhos do peito preto, mas também dos portadores (ou "split") porque sob pena de me repetir, os portadores de peito preto são reconhecíveis.

DESCRIÇÃO
Desenhos do peito:

Macho:
No Nacional holandês do mandarim, fomos surpreendidos pela extensão do desenho do peito que subia praticamente até abaixo da mandíbula inferior. Em oposição ao "Witborst" (peito branco holandês, pinguim para nós), nós podemos sempre desejar um desenho que suba ao máximo. Consegui-lo-emos? Pessoalmente não tenho resposta para este problema mas na evolução do standard, talvez seja necessário encará-lo.

1) Tipo selvagem (não mutado)
· O zebrado é normal, progredindo da barra do peito até à base do bico;
· A barra do peito é de espessura normal de 4 a 5 milímetros no seu centro.

2) Tipo mutante PP
· Ausência total de zebrado;
· Extensão da barra de peito na sua parte superior para atingir mais de 10 milímetros de espessura;
· Acima desta barra um desenho matizado ornamenta essa zona;
· O queixo não tem qualquer mancha melânica.

3) Tipo intermediário (portador PP)
· Presença de zebrado no peito cm uma ligeira ausência deste no queixo;
· Ligeira extensão da barra do peito na sua parte superior.

Desenhos dos flancos:

Macho:
Reparamos que os pontos redondos e brancos tornaram-se alongados, de forma cilindróide. Durante os concursos ou visitas a exposições, pude verificar uma extensão destes desenhos brancos. Um pouco demais para o meu gosto. De tal modo que esta superfície chegava a cobrir quase totalmente os flancos e que estes encolhiam considerávelmente.
Um exemplar de Jean Darmagnac (Pheo) já nem sequer possuía este desnho. Os flancos eram idênticos aos de uma fêmea. Outros podem possuir flancos quase inteiramente de cor branca. São defeitos muito grandes. O portador peito preto possui desenhos de flancos intermediários.

Fêmea:
Na fêmea, o desenho dos flancos deve ser idêntico ao desenho de uma fêmea clássica e de cor acinzentada.

Macho:
O traço "loral" desapareceu. O traço do bigode é mais acentuado. O desenho da face é muito extenso. Rodeia a parte superior do olho e "derrama-se" para trás.
No sujeito portador, notam-se muitas vezes sobrancelhas alaranjadas e uma extensão da face.
O traço de lágrima é mais fino ou interrompido.

Fêmea:
O desenho das faces é de cor branca acinzentada. Os traços "lorais" também desapareceram Os traços do bigode são, como no macho, sobremelanizados.

1) Tipo selvagem (não mutado)
· Mancha da face de tamanho normal;
· Traços "loral" e do bigode bem proninciados (idêntico para a fêmea).
· Presença de zebrado na gargante.

2) Tipo mutante PP
· Aumento considerável da superfície das faces;
· Ausência de traço "loral", intensificação do traço do bigode e melanização à volta do bico (idêntico para a fêmea);
· Ausência d zebrado na garganta.

3) Tipo intermediário (portador PP)
· Ligeira extensão da face com uma marca acima do olho;
· Traço "loral" quebrado e pouco pronunciado (idêntico para a fêmea);
· Nalguns casos podemos constatar um princípio de ausência de zebrado na garganta.

Desenhos da cauda

Macho e fêmea:
Os quadrados da cauda dum cinzento clássico desapareceram. As coberturas da cauda tornaram-se inteiramente brancas para o macho e branco-nata para a fêmea. Estas parecem acinzentadas porque as rectrizes são pretas.

1) Tipo selvagem (não mutado)
· Desenho normal constituído pela alternância de quadrados pretos e brancos.

2) Tipo mutante PP

· Desaparecimento total do desenho;
· Cor uniforme e de tom claro.

3) Tipo intermediário (portador PP)
- Mistura completa do desenho melânico no tom claro. Nenhuma regularidade do desenho. Em certos casos, algumas simples estrias negras podem ser visíveis.



---------------------------
Cumprimentos,
Luís Lourenço
avatar
Luís Lourenço
Moderador
Moderador

Mensagens : 2209
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Almada
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  JOÃO PAULO em Dom 21 Nov 2010, 23:28

muito bom obrigado por esta partilha.... cheers
avatar
JOÃO PAULO

Mensagens : 132
Data de inscrição : 31/01/2010
Localização : FAFE
PAÍS : PORTUGAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  lugriao em Seg 22 Nov 2010, 13:39

Bom artigo sobre os mandarins e uma boa partilha. É sim mesmo.
avatar
lugriao

Mensagens : 380
Data de inscrição : 08/11/2010
Localização : Viseu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  Luís Lourenço em Seg 22 Nov 2010, 19:17

Muito obrigado! Very Happy
No artigo diz que os portadores de Peito Negro são os únicos que são "visíveis" mas isso não é totalmente correcto porque eu tenho portadores Peito Negro que só descobri que são portadores depois de terem filhos.
Penso que alguns portadores de Bochecha Negra também se consegue notar que são portadores devido à lista debaixo do olho ser mais grossa e misturar-se com a cor da bochecha.

---------------------------
Cumprimentos,
Luís Lourenço
avatar
Luís Lourenço
Moderador
Moderador

Mensagens : 2209
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Almada
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  lugriao em Seg 22 Nov 2010, 19:50

No que diz respeito aos mandarins e não bengalins como tinha antes, estás um "As". lol!


Última edição por lugriao em Seg 22 Nov 2010, 23:07, editado 2 vez(es)
avatar
lugriao

Mensagens : 380
Data de inscrição : 08/11/2010
Localização : Viseu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  Luís Lourenço em Seg 22 Nov 2010, 19:55

lugriao escreveu:No que diz respeito ao bengalins estás um "As". lol!
LOL
Querias dizer aos mandarins certo? Wink
Eu apenas sei umas coisinhas de genética mais nada Very Happy

---------------------------
Cumprimentos,
Luís Lourenço
avatar
Luís Lourenço
Moderador
Moderador

Mensagens : 2209
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Almada
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  lugriao em Seg 22 Nov 2010, 22:19

lol! pois é isso, lol nem reparei. Pois referia me ao mandarins
avatar
lugriao

Mensagens : 380
Data de inscrição : 08/11/2010
Localização : Viseu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  Jorginho em Ter 08 Fev 2011, 16:46

o que é PP e BN e essas letras que se usam? o que é ser portador??

agradecia respostas
avatar
Jorginho

Mensagens : 319
Data de inscrição : 30/12/2010
Localização : Braga
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  Rui Vicente em Ter 08 Fev 2011, 17:11

Olá Amigo Jorginho

As iniciais PPsão referente á mutação Peito Preto, mas geralmente é chamado de Peito Negro ( PN )
Em relação às inicias BN as mesmas são refententes à mutação Bochecha Negra.
O termo portador é quando uma ave é portadora de uma outra mutação, Ex: Macho Cinzento Peito Negro ( PN ), portador de Face Negra , ( FN )
avatar
Rui Vicente

Mensagens : 354
Data de inscrição : 28/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  Jorginho em Ter 08 Fev 2011, 17:16

obrigado rui vicente è de pessoas como tu que precisamos neste forum rapidas e boas a responder

Obrigadao
avatar
Jorginho

Mensagens : 319
Data de inscrição : 30/12/2010
Localização : Braga
PAÍS : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mandarim Cinzento de Peito Negro

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum